Imprimir

Professores do eixo de Turismo, Hospitalidade e Lazer podem atuar em projeto em Moçambique

 
 
Professores da Rede Federal de Educação, Ciência e Tecnologia têm a oportunidade de participar da segunda fase da Ação Simplificada da Cooperação com Moçambique no eixo de Turismo, Hospitalidade e Lazer. A previsão é de que três docentes trabalhem na formação de educadores nesta área de setembro a dezembro de 2018 em Pemba, no país do sudeste da África, que tem o Português como idioma oficial.
 
Para integrar o programa, além de estar vinculado à Rede Federal, é necessário que o docente atue em um curso técnico ou tecnólogo do eixo Turismo, Hospitalidade e Lazer. É o caso, por exemplo, do curso técnico em Guia de Turismo do Campus Santos Dumont do IF Sudeste MG. Os interessados em participar devem enviar a documentação exigida até 8 de agosto. Confira aqui a chamada pública e os anexos referentes à seleção.
 
O projeto conta com a participação do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação (MEC), da Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e da Autoridade Nacional de Educação Profissional de Moçambique (Anep). Para obter mais informações, envie uma mensagem a internacional@conif.org.br.
 
*Com informações da Assessoria de Comunicação do Conif